O papel do plano de saúde empresarial na retenção de talentos

O acirramento da competitividade no mercado, tem cada vez mais exigido das empresas e de seus gestores ações que consigam impactar positivamente a atração e retenção de talentos.

O desafio de manter-se competitivo, está diretamente relacionado, com a qualidade do serviço ou produto entregue ao mercado, que por sua vez estão ligadas a capacitação e experiência do quadro de colaboradores da empresa.

Neste texto, vamos entender quais os impactos a oferta do plano de saúde empresarial pode causar na estratégia de retenção de talentos.

Continue a leitura e confira!

Valorização do plano de saúde e do colaborador

É fato! Já faz algum tempo que muitos trabalhadores já não vêem o salário como o único fator de decisão para escolher e permanecer em um emprego. Segundo pesquisa realizada pela Catho, 74,6% dos trabalhadores têm o plano de saúde empresarial como o benefício para o qual dão mais importância na hora de avaliar uma oferta de emprego. 

É muito importante considerar, que um dos pontos chave de qualquer estratégia de retenção de talentos consiste em manter a equipe motivada. Cada pessoa tem seu agente motivador, e cabe aos gestores identificá-los e trabalhá-los.

Através da disponibilização do plano de saúde empresarial as organizações conseguem não só inserir um valor agregado à remuneração oferecida, como também, transmitir a sua preocupação com a saúde e bem estar daqueles que fazem parte da sua equipe e também de seus familiares.

Saúde, Bem Estar e Produtividade

O cuidado com o colaborador, passa por diversos pontos que precisam ser olhados com atenção. Como já citamos, transmitir a preocupação com a saúde e bem estar, já contribuem para o engajamento e motivação da equipe. Mas, não é só isso!

Estar bem física e emocionalmente é muito importante para manter a produtividade, concentração, criatividade e consequentemente a qualidade e os resultados do trabalho de qualquer pessoa.

Este, tem sido um desafio ainda maior ao longo do atribulado ano de 2020 que temos vivido. Tanto que, recrutadores e gestores de RH tem expressado essa preocupação. Em uma pesquisa da Robert Half, divulgada em Setembro de 2020, 43% dos gestores de RH apontaram o Impacto na saúde mental dos colaboradores, como sua maior preocupação em relação a prolongação da pandemia. Tanto isso tem ganhado importância que a Ambev, inovando durante a pandemia, institui o cargo de Diretoria de Saúde Mental, em dezembro deste ano. 

Visto que cada vez mais há o entendimento de que é preciso entender o colaborador na sua integralidade, nesse sentido o plano de saúde ganha ainda mais destaque, pois contribui não só para o tratamento da saúde física (tão importante diante de uma pandemia), mas também da saúde mental dos colaboradores. Nesse sentido o plano de saúde empresarial, que já é altamente valorizado em “tempos normais”, ganha ainda mais importância em tempos de dificuldades como os atuais.

Proteção e Tranquilidade

Além dos tratamentos de saúde física e mental, já citados acima, é importante destacar que não se trata de um "plano de doença", mas sim um "plano de saúde", logo o benefício também contribui muito para trazer tranquilidade através de acompanhamentos e exames preventivos. Ter o plano à disposição, dá ao colaborador a segurança da garantia de ter um atendimento ágil e de qualidade, com os recursos necessários para cuidar da própria saúde e dos seus familiares.

Infelizmente, o acesso à saúde pública em nosso país, ainda tem muito a evoluir.

Por isso, é tão importante para empresas e colaboradores a oferta do plano de saúde empresarial. Ter o plano a sua disposição, dá ao colaborador a tranquilidade da garantia de ter um atendimento ágil e de qualidade, com os recursos necessários para cuidar da própria saúde e dos seus familiares.

A escolha do plano

A forma como a empresa proporciona essa proteção e oferece benefícios como o plano de saúde pode variar. Os gestores devem encontrar o equilíbrio entre possibilidades da empresa e as necessidades de seus colaboradores

A customização do plano de saúde empresarial também é  muito relevante. Existem diversos pontos que precisam ser analisados para que se encontre o melhor custo-benefício (coparticipações, franquias, entre outros), pois o mais importante é encontrar, diante de tantas opções, o produto que realmente seja o mais adequado e melhor atenda a empresa em questão.

E ainda tem um ponto muito interessante: o plano de saúde é um beneficio que pode ter custo zero para empresa, você sabia?

É isso mesmo! A empresa poderá subsidiar desde o valor total da mensalidade (não contributário), ou ainda repassar um percentual, um valor fixo ou até mesmo a mensalidade integral para ser pago pelo funcionário (essas opções caracterizam planos tributários).

Ainda assim, isso é  uma grande vantagem, pois,  muitas vezes, os planos contratados através de pessoa jurídica chegam a ter até  40% de desconto em relação aos mesmo produto para contratação na pessoa física.

Ainda vale destacar, que muitas marcas disponíveis no mercado, atualmente,  optam por não oferecer produtos para pessoas físicas, o que torna o leque de opções do plano de saúde empresarial consideravelmente maior.

Se você quiser saber mais, a forma de usar benefícios como o plano de saúde empresarial na sua estratégia de retenção de talentos, entender como encontrar o melhor benefício para a realidade da sua empresa, entre em contato conosco, será um prazer conversar e trocar experiências!

 

No Comments Yet.

Leave a comment